AromasDani

AromasDani

terça-feira, 2 de abril de 2013

Anais Anais (Cacharel) - Há flores em tudo o que eu vejo...

Era uma tarde de 1997 e eu folheava alguma revista, em alguma sala de espera de algum consultório. Um anúncio  me chamou a atenção: dois perfis femininos (que deixavam em dúvida se eram a mesma pessoa), a harmonia das cores, a embalagem sofisticada, tudo poderia ser traduzido em uma única palavra: delicadeza.


Se alguém me perguntasse se eu já comprei um livro pela capa, certamente diria NÃO. Agora, se me perguntasse se eu já comprei um perfume pela embalagem, respondo  SIM, muitas vezes, rs.

Anais Anais foi o primeiro deles. Depois de ver o anúncio na revista, na primeira oportunidade comprei a versão de 30 ml para experimentar. É um perfume floral intenso, como se você estivesse realmente cercada de muitas flores. Um verdadeiro jardim.

Anais Anais foi o primeiro perfume da grife Cacharel. Foi lançado na década de 70, por Jean Louis Henri Bousquet (1932) que lhe deu esse nome inspirado na deusa persa do amor.

Jean Louis Henri Bousquet


Traz notas de flor de laranjeira e verde de saída, ylang-ylang, tuberosa, jacinto e íris no coração e incenso, âmbar, sândalo e cedro nas notas de fundo. O resultado é um dos mais marcantes de todos os tempos. O perfume permanece idêntico desde a criação, quando foi desenvolvido por um time de perfumistas.


Da última vez comprei no site SEPHORA um kit com a colônia (30 ml) e um mini-hidratante (segue foto abaixo):


Quando uso Anais Anais, resgato aquele sentimento romântico dos meus 20 e poucos anos. Gosto de usá-lo nas tardes de domingo, para ir ao cinema ou passear no shopping. Sempre que uso esse perfume escolho roupas claras, em tons de rosa, lilás ou marfim. Esse é o clima, rs.

Se você está precisando de um pouco mais de romantismo no seu dia a dia, ANAIS ANAIS vai ajudar a resgatar esse sentimento. Experimente! E deixe as flores inundarem a sua alma.


... O tempo é algo que não volta atrás.
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ...
William Shakespeare



Uma ótima semana e um cheiro pra vocês!















5 comentários:

  1. Oi Dani, tudo bom?...Dani qual a diferença desse para o L'original?...um grande bjo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Simoni! Eles são exatamente iguais. A única coisa que muda é a embalagem.

      Excluir
  2. Acabei de abrir o meu aqui...Não gostei no primeiro momento mas aos poucos achei refrescante ,gosto quando o perfume vai me conquistando aos poucos ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samara! Obrigada por comentar. Ele um perfume excessivamente floral para os dias de hoje. Mas é exatamente como você comentou: o importante é descobrir aos poucos e perceber a sutileza desse clássico da Perfumaria. Abraços!

      Excluir
    2. Olá Samara! Obrigada por comentar. Ele um perfume excessivamente floral para os dias de hoje. Mas é exatamente como você comentou: o importante é descobrir aos poucos e perceber a sutileza desse clássico da Perfumaria. Abraços!

      Excluir